Calouros do Mackenzie são recebidos com dobradinha de show e debate do SWU

São Paulo, 5 de agosto de 2011 —  O primeiro pocket show promovido pelo Movimento SWU mobilizou os estudantes da Universidade Mackenzie, em São Paulo. Inserida na programação de boas-vindas dos calouros, a combinação de show e debate que reproduz no ambiente universitário o modelo que marcou os três dias do SWU no ano passado conquistou os jovens.

 

A programação começou na segunda-feira, dia 1º, com show do cantor Marcelo Yuka. “É uma forma diferenciada de trote. É o trote do bem. Os alunos chegam e são recebidos com uma música. Depois, participam de um debate animado em torno de assuntos que hoje mobilizam a atenção dos jovens”, afirmou o músico.

 

Na terça, dia 2, foi a vez do sociólogo Gabriel Milanez conversar com os universitários, a convite do SWU. Um dos responsáveis pela pesquisa O Sonho Brasileiro, ele apresentou aos estudantes da faculdade paulistana levantamento que ouviu brasileiros de 18 a 24 anos para entender seus valores e a forma como enxergam a si mesmos e ao país. A pesquisa constatou que os jovens se colocam como agentes de transformação, justamente o mote do SWU, movimento que parte da convicção de que pequenas atitudes, quando adotadas por um grande número de pessoas, fazem toda a diferença. 

 

O debate contou ainda com a intermediação de Isaac Edington, criador e diretor-presidente do Instituto EcoDesenvolvimento, também responsável pelo portal EcoD, o maior provedor de conteúdos sobre sustentabilidade da internet brasileira. 

 

Os pocket shows e os mini-fóruns de debates em universidades são uma iniciativa do SWU para manter a questão da sustentabilidade e da mudança de atitude na pauta dos estudantes. São também um “esquenta” do movimento para o grande Fórum Global de Sustentabilidade que acontece dentro do seu festival de música, em novembro, na cidade paulista de Paulínia.  

 

O próximo pocket show SWU está marcado para o dia 24, a partir das 20h, na ESPM (Campus Professor Francisco Gracioso, rua Dr. Álvaro Alvim, 123, Vila Mariana). Desta vez, o debatedor será o professor Valdir Cimino, presidente e fundador da Associação Viva e Deixe Viver. Edington novamente vai se encarregar da intermediação. Depois da sessão de debates, começa a diversão, com Marcelo Yuka animando a noite.

 

Gincana Impacto Zero SWU

Além dos pocket shows e debates em faculdades, o SWU promove também outra grande ação para envolvimento do público universitário nas questões da sustentabilidade: a Gincana Impacto Zero SWU, que foi lançada em maio e premiará uma universidade brasileira com R$ 500 mil para implementação de projeto de sustentabilidade.

 

Na atual etapa, a competição transcorre em um reality show que está sendo exibido pelo Multishow às terças e quintas-feiras, às 18h30. O primeiro episódio foi ao ar na terça-feira (2 de agosto).

 

Durante o programa, dez duplas (dois representantes de cada faculdade finalista) cumprem diversas provas de sustentabilidade por várias cidades brasileiras para conquistar o prêmio. Os vencedores levarão o dinheiro para a sua faculdade implementar o projeto inscrito pela instituição. Além disso, ganharão um curso de empreendedorismo na Babson College, em Massachusetts (EUA).

 

A gincana começou no dia 22, no Fantástico, da TV Globo, com mais de 100 projetos de sustentabilidade inscritos por universidades públicas e privadas de todo o país, contemplando pelo menos um dos três aspectos da sustentabilidade (social, ambiental e econômico).

 

Do total de projetos inscritos, 20 foram selecionados por um júri técnico e classificados para a fase seguinte, com provas de coleta e triagem de lixo reciclável que ocorreram simultaneamente em 19 cidades, resultando no recolhimento de 139 toneladas de resíduos que foram integralmente doadas para as cooperativas e associações de catadores das regiões onde as ações aconteceram. As equipes universitárias de melhor desempenho na prova do lixo foram classificadas para esta fase final.

 

SWU Kids

O público infantil é alvo também das atenções do SWU. Depois de promover oficinas gratuitas de sustentabilidade para as crianças em parques públicos e brincadeiras com dedoches, o movimento realiza um dia de contação de histórias na ESPM para grupos de meninos e meninas carentes que visitarão a faculdade no próximo dia 8.

 

Respeito, Redução, Reutilização, Reciclagem e Responsabilidade são as personagens que ganham vida nos “dedoches” e na voz de Márcia Brito. Com enredo baseado no livro 5Rs por um Mundo Melhor, de Rony Fischer e Simone Vale, cada R leva os pequenos a uma reflexão sobre conceitos de sustentabilidade com histórias leves e divertidas

 

Sobre o SWU

O SWU (Starts With You – Começa Com Você) é um movimento que convida a repensar atitudes, trazendo o debate sobre sustentabilidade para a esfera individual de ação – demonstrando como as nossas escolhas diárias podem contribuir para um mundo mais equilibrado e para a união de conceitos do triple bottomline: econômico, social e ambiental. Idealizado por Eduardo Fischer, presidente do Grupo Totalcom, o movimento teve início em junho de 2010 com uma plataforma de ações de comunicação e engajamento que teve como seu primeiro grande marco de celebração o SWU Music & Arts Festival.

Anúncios
por Jornal de Caruaru

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s