ESCOLAS DE MINAS GERAIS E PERNAMBUCO PROMOVEM INCLUSÃO PELO CINEMA E PINTURA

      A inclusão de pessoas com deficiência por meio do cinema e da pintura, artes privilegiadas para promover a educação integral. Este é o propósito de projetos que movimentaram escolas de Minas Gerais e Pernambuco ao longo de 2011. São projetos que participaram da Oitava Edição do Programa Minha Escola Cresce, do Instituto Arcor Brasil.

       Em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG), a Escola Municipal “Antonio Carlos Lemos” desenvolveu o Projeto “Divercine: As relações étnico-raciais, orientação sexual e a pessoa com deficiência”. O objetivo foi utilizar o cinema como espaço para a reflexão, entre os alunos especiais, de temas relevantes para o seu desenvolvimento e que tradicionalmente não são abordados pela escola regular. 

       A EM “Antonio Carlos Lemos” é uma referência em educação especial na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Seus educadores estão sempre buscando inovações, de modo a qualificar a inclusão dos alunos especiais. Com apoio do Instituto Arcor Brasil, foram adquiridos os equipamentos necessários para a exibição de filmes em sala de aula. As aulas com cinema se tornaram disputadas pelos alunos especiais, que perguntam de tudo, à medida que acompanham a exibição, provocando discussões sobre temas relevantes.

       Em Ipojuca, na Região Metropolitana de Recife (PE), a Escola Municipal “Marechal Mário Júlio do Rego” implementou o Projeto “Arte no Pátio”, que promoveu o desenvolvimento humano integral do conjunto de alunos da escola e em especial dos alunos com deficiências, integrantes do grupo “Pintores da Liberdade”, que adoram trabalhar com várias linguagens e plataformas artísticas. Foram adquiridos materiais  como telas, tintas, cavaletes e pinceis, usados com prazer pelos alunos que pintam às vezes individualmente, às vezes em grupo a mesma obra. Um grupo musical e um grupo de teatro complementam o cardápio multicultural.

       Na Oitava Edição do Programa Minha Escola Cresce foram apoiados 22 projetos de escolas públicas de três estados (São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco). Em oito anos já são 166 projetos apoiados pelo Programa. O propósito é dar respaldo técnico e financeiro a projetos concebidos pelas escolas, após diagnóstico interno e considerando o estímulo ao protagonismo de crianças e adolescentes e a maior participação das famílias e comunidade na vida escolar. 

Anúncios
por Jornal de Caruaru

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s